Conheça as 8 empresas mais sustentáveis do mundo!

A sustentabilidade é um conceito cada vez mais em alta. O termo está ligado à capacidade de aliar o desenvolvimento ao cuidado com diversos aspectos, sejam eles sociais, econômicos e ambientais. Nesse cenário, os empreendimentos também devem se preocupar, pois as empresas sustentáveis têm melhor percepção pelos clientes e, com isso, conseguem melhores efeitos em suas campanhas.

Ao contrário do que muitos pensam, a sustentabilidade não está ligada apenas à natureza. A classificação criada pela Corporate Knights, por exemplo, considera aspectos como pagamentos de impostos, percentual de mulheres na gestão e capacidade de inovação. Também há elementos que entram na abrangência do termo, como emissões de carbono, gastos de energia e consumo de água.

A seguir, conheça algumas das maiores empresas sustentáveis do mundo e descubra por que elas merecem essa classificação!

1. Dassault Systèmes

De origem francesa, o empreendimento que ocupa o topo do pódio é a Dassault Systèmes. A empresa é responsável por produzir diversos softwares e teve um bom salto nesse ranking, já que, em 2017, ocupou a 11ª posição.

Em parte, isso se deve a aspectos como o nível de aproveitamento da água (93%) e a geração de resíduos sólidos (95%). Em relação ao quadro de funcionários, há 45% de mulheres e uma rotatividade de colaboradores de apenas 8%. Isso gerou um total de 86%, valor que garantiu a liderança absoluta.

Porém, um dos maiores impactos tem a ver com a inovação. O uso dos recursos tecnológicos permite conhecer os impactos antes da produção, além de visualizar novas soluções. Até governos têm usado os sistemas desenvolvidos pela empresa, o que gera efeitos como mobilidade e eficiência energética.

2. Neste Oyj

Da Finlândia, a Neste Oyj ocupa a segunda posição entre as empresas sustentáveis. Relativamente jovem — foi fundada em 2004 —, a petrolífera tem marcado seu espaço no refinamento de petróleo com redução de danos.

Com uma posição anterior na marca 23, agora, adota o aproveitamento de energia e de água e reduziu a emissão de carbono por volta dos 70%. Também utiliza uma proteção quanto à qualidade do ar na casa dos 60%. Ao total, conseguiu um valor de 85 pontos. Em parte, seu desempenho está ligado à capacidade de inovação e, principalmente, de atender a elevados requisitos para garantir a qualidade.

3. Valeo SA

Em terceiro lugar, a Valeo tem origem francesa e é uma das maiores fornecedoras de peças de automóveis. Encarregada de abastecer algumas das principais montadoras do mundo, carrega consigo uma grande responsabilidade.

A performance de destaque fica por conta, por exemplo, do uso inteligente da água, que atingiu 100% no índice analisado. Também apresenta 35% de mulheres na empresa e quase 60% em relação aos fundos de pensão.

Além de tudo, a marca tem aplicado recursos em inovação, como ao firmar parcerias para carros conectados. Na área prática, investiu na redução de efluentes e no tratamento da água utilizada, de modo a garantir uma produção limpa.

4. UCB

Criada no início do século 20, a UCB é uma indústria farmacêutica da Bélgica. Posicionada no 4º lugar, conseguiu crescer 62 posições em relação ao relatório de 2017.

A colocação é fruto de investimentos em várias áreas. Todas as questões quanto ao uso de água e de energia, à emissão de carbono e ao tratamento de resíduos sólidos ficam acima dos 90%. Além disso, a empresa tem 30% de mulheres, sendo 27% da gestão ocupada por elas.

Para completar, o estabelecimento também tem se destacado pela preocupação social e pelo cuidado com pacientes e suas famílias. A melhoria das vidas de forma ampla pesa a favor do empreendimento.

5. Cisco Systems

Líder mundial na tecnologia de redes, a Cisco faz previsões de mercado e ajuda diversos estabelecimentos. No relatório de 2018 das empresas sustentáveis, aparece em 7º lugar.

Pesam a favor da empresa o índice de 100% sobre eficiência energética e o de 80% em quanto à água. O índice relativo ao número de acidentes é de 0,31, menor que os das cinco posições acima. As mulheres na gestão são mais de 1 em cada 3 (36%), o que também impulsiona a soma para 77%.

Para obter o bom desempenho, a Cisco tem investido em áreas-chaves, como a economia e, principalmente, a solução de problemas em diversas esferas.

6. Natura

E, nesse grande ranking global, também tem lugar para o Brasil, representado em 14° lugar, pela Natura. Seu percentual sobre todas as métricas é de 74%, o que a posiciona de forma bastante interessante.

A relação entre o pagamento do CEO e a média dos funcionários, por exemplo, é de 27. É um valor menor que o da primeira colocada, que apresenta o total de 30. Além disso, a empresa tem 28% de mulheres no comando, o maior entre os seis primeiros colocados.

Com ações de diferentes tipos, como o uso de matérias-primas obtidas em comunidades sustentáveis da Amazônia, a Natura demonstra que é possível atender a esses critérios.

7. Cemig

Em 18º lugar, a Companhia Energética de Minas Gerais se estabelece como uma das pioneiras no país e no mundo.

Sua posição entre as empresas sustentáveis se dá, por exemplo, pelo score de 95% de produtividade energética. A Cemig ainda tem bons níveis quanto à emissão de carbono e à produção de resíduos sólidos. No âmbito social, o valor de 85% sobre os fundos de pensão é um aspecto que se destaca.

Com o uso de energia limpa e com o cuidado com os impactos no meio ambiente, a empresa sai à frente de várias outras brasileiras do tipo.

8. Banco do Brasil

Um dos principais bancos do Brasil também entra na lista. Em relação ao setor financeiro, de forma específica, é o quinto entre as alternativas. No total, aparece na 49ª opção.

Um dos fatores que levam à boa posição é coeficiente entre o salário do CEO e do trabalhador médio ser de apenas 6. Também conta com 81% quanto aos planos de previdência privada. Em parte, isso ainda se deve ao investimento em projetos sociais e ambientais. A posição demonstra, portanto, que mesmo fora de negócios “tradicionais” é possível atingir tal efeito.

As empresas sustentáveis recebem esse título pelos esforços em relação ao meio ambiente e à sociedade. Ao descobrir quais são algumas das 100 que se destacam, dá para notar que mesmo pequenos negócios podem investir nessa abordagem.

Gostou de conhecer essas possibilidades? Compartilhe este post nas redes sociais e deixe os seus amigos por dentro do assunto.

 




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *