Tipos de bombas submersíveis para trabalhos leves

Muitos modelos de bombas d’água estão disponíveis no mercado. Cada tipo funciona de uma maneira especial dentro da indústria ou na construção civil. A utilização dessas bombas é realizada em projetos que necessitam transferir grandes volumes de água de um lugar para o outro.

Cada modelo de bomba d’água atende a uma determinada proposta, de acordo com a necessidade de cada consumidor. Há aquelas indicadas para transferir a água de um poço artesiano até um reservatório, para sugar a água da chuva no momento de inundações, para realizar o esgotamento da água, para irrigar uma plantação, etc.

Para a realização de trabalhos mais leves, as bombas submersíveis são as mais indicadas. Existem alguns modelos dessas bombas que são mais leves, produzidas com material mais suave, o que torna o equipamento menos robusto.

Sempre que você for comprar uma bomba d’água, não se esqueça de procurar os melhores produtos e contratar os melhores profissionais para realizar a instalação do seu projeto.

Criamos este guia prático para você aprender sobre as melhores bombas d’água, e realizar a melhor opção para um trabalho leve. Não deixe de conferir!

Saiba tudo sobre a bomba submersível

No mercado estão disponíveis dois tipos de bombas que atuam dentro da água: a submersa e a submersível. Mas você sabe a diferença entre as duas?

A submersa foi criada para aguentar todo o tempo de operação e vida útil dentro da água, abaixo do nível da superfície. Seu uso é conferido principalmente em projetos de poço artesiano ou semi-artesiano.

Sua instalação é feita dentro do poço, o motor e a bomba trabalham abaixo do nível dinâmico. O equipamento funciona de maneira silenciosa, além de não ser necessário ser realizada uma manutenção periódica.

Por outro lado, a bomba submersível atua dentro da água até certo tempo, tendo de ser retirada logo após o uso para secar. Diferente das bombas submersas, elas não podem permanecer na água por um período indeterminado. 

Existem bombas submersíveis que são mais leves, que não são muito usadas na linha industrial. Elas possuem um bom rendimento para trabalhos mais simples e são indicadas, na maioria das vezes, para o esgotamento da água pluvial ou esgotos que apresentam detritos, sendo mais comuns em residências.

No mercado, é possível encontrar bombas submersíveis que trabalham apenas com água limpa, e outras que pressurizam água poluída com partículas sólidas. 

Aprenda os modelos de bomba submersível

Modelos específicos de bombas d’água são usados em projetos variados. Aprenda com este guia prático sobre alguns tipos de bombas:

Bomba centrífuga:

Esse tipo de bomba é boa para transferir um alto volume de água até reservatórios em grandes alturas. Em fontes e cascatas, onde a transferência de água acontece a uma baixa pressão, eles também apresentam um trabalho eficiente.

Podendo ser utilizado em regiões acima do solo, recomenda-se a instalação da válvula de retenção. 

Elas também servem para bombear a água de saneamento básico e na irrigação de propriedades agrícolas. Possuem maior aceitação no mercado as marcar Schneider e KSB.

Bomba autoaspirante:

Operando acima do solo, essa bomba é também um tipo de bomba centrífuga. Acontece que ela descarta a instalação da válvula de retenção, por ser capaz de preencher a tubulação de sucção e porque foi criada para transferir a água impedindo que ela retorne. 

Bomba injetora:

As bombas injetoras possuem uma grande pressão. Elas conseguem puxar água de uma profundidade de 20 a 40 metros. Trabalham com duas tubulações, uma de sucção e outra de retorno, funcionando como injetor. A pressão de sucção aumenta porque parte da água puxada retorna para dentro do poço.

Elas detêm bastante pressão e são recomendadas para grandes profundidades, mas possuem pouca vazão, já que parte água sugada retorna no processo.

Bomba multiestágio:

A bomba multiestágio é propriamente uma motobomba que funciona em vários estágios, com cada um deles abrigando um rotor de propulsão. A existência desses rotores possibilita que a bomba multiestágio obtenha mais pressão e velocidade de bombeamento, se comparada a vazão. Possuindo capacidade de alcançar altos índices de altura manométrica, o alcance de vazão desta bomba também é grande.

Ela é usada para aumentar o número de estágios da bomba com apenas um rotor, e também para os casos de bombeamento que precisam de maior pressão. A bomba multiestágio é uma alternativa mais econômica, consumindo bem menos energia do que a monoestágio.

Bomba monoestágio:

Este tipo de bomba, diferente da multiestágio, abriga apenas um rotor de propulsão, o que garante maior vazão. Essa é a principal diferença entre esses dois tipos de bomba. Porém, outra característica que as difere, é que a bomba monoestágio é indicada para os trabalhos com alta velocidade de acionamento, porque possui apenas um estágio.

Bomba de depósito:

Também é considerada um tipo de bomba d’água. Ela possui uma lâmina que gira em função do seu motor e são instaladas na parte mais úmida do porão. No momento que o flutuador dentro da bomba é ativado pelo nível da água, o seu motor é acionado. O líquido é expelido pelo tubo de descarga e retirada de dentro da casa, na medida que o motor impulsiona a lâmina. 

Essa bomba executa um bom trabalho nas casas e empresas, para problemas relacionados ao escoamento de água de áreas mais baixas, como porões e garagens subterrâneas. A água torna-se um incômodo quando invade estes ambientes durante chuvas, inundações ou derretimento de neve. Então, a bomba de depósito se transforma na melhor solução para sugar a água desses lugares.

Agora você já aprendeu tudo sobre bombas submersíveis. Você leu sobre a importância da sua utilização, e também os diferentes tipos de bombas disponibilizadas pelo mercado. Não se esqueça de sempre procurar as melhores marcas, a bomba específica para o seu caso, e também profissionais capacitados para realizarem a instalação. Esteja pronto para fazer a melhor escolha.

Gostou do nosso texto? Então assine nossa newsletter e continue aprendendo mais sobre o assunto!




Comments (2)

  1. Para levar agua de um reservatório para uma caixa d’água, com distância aproximada de 500m e altura em torno de 50 metros: qual a bomba ideal?
    Posso usar a bomba de sucção de 1/2 cavalo?

    1. Bom dia, Vicente.
      Para indicarmos a bomba ideal, precisamos de mais algumas informações:
      – Qual a altura de sucção?
      – Qual a tubulação utilizada?
      – Qual a vazão desejada?
      Aguardo seu retorno!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *