Manutenção de motor elétrico: como fazer corretamente

O número de motores elétricos usados na indústria brasileira é bem expressivo. São várias as atividades dos mais diversos setores industriais que demandam o seu uso. Proporcional a intensa utilização, está a necessidade de manutenção dos motores elétricos.

De acordo com a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), uma significativa parcela dos motores elétricos usados no parque industrial do Brasil foi fabricado em 2009. Sendo assim, há uma enorme demanda pelo recondicionamento e manutenção.

Dados da Aneel mostram ainda que, no Brasil, a indústria consome 43,7% de toda a energia produzida e que os motores em funcionamento gastam 68% dessa energia. Portanto, cerca de 30% da energia elétrica produzida por aqui é consumida pela operação dos motores elétricos.

Se você precisa realizar a manutenção de motor elétrico da sua indústria com agilidade e qualidade mas não sabe como fazer de forma correta, acompanhe as dicas que reunimos nesse post.  

Como funciona essa manutenção?

Limpeza

Um dos fatores mais importantes da manutenção de motor elétrico é a limpeza. Eles devem ser constantemente limpos para evitar a presença de resquícios de óleo, poeira ou outros detritos. Para limpeza, recomenda-se o uso de escovas ou mesmo panos de algodão.

Uma dica relevante é que se a poeira contida no motor não for abrasiva, é preciso realizar o jateamento de ar comprimido, para então retirar a poeira da tampa defletora e eliminar o pó acumulado nas aletas de refrigeração e nas pás do ventilador do motor elétrico.

Lubrificação

A finalidade da lubrificação na manutenção é prolongar a vida útil do sistema de mancais do motor elétrico. Essa parte da manutenção envolve observar o estado geral dos mancais para então iniciar a lubrificação — depois de estarem limpos —, além do exame minucioso dos rolamentos.

O mancal deve ser ainda lubrificado com graxas apropriadas, de forma a controlar também a sua temperatura de forma rotineira, que não deve passar de 60°C em um ambiente de 40°C. É recomendado o uso de um termômetro que pode ser colocado do lado de fora do mancal ou mesmo um termoelemento embutido.

Os rolamentos também devem ser lubrificados com graxa, o que vai evitar o contato metálico dos corpos rolantes durante o funcionamento do motor elétrico além de proteger o equipamento contra possíveis desgastes e corrosões.

Intervalos de relubrificação

Os intervalos de relubrificação devem ser feitos de acordo com a especificação na placa de identificação do motor elétrico. A lubrificação do rolamento do motor será eficiente se seguir as informações do manual de instrução, que vai orientar sobre a quantidade de graxa suficiente. Se o manual não informar esses detalhes, o rolamento deverá ser preenchido com a graxa até a metade do espaço vazio entre os corpos girantes. Durante esse processo de relubrificação, é importante ter o máximo de cuidado com a limpeza do motor, evitando que qualquer sujeira penetre no equipamento e cause danos ao rolamento.

Qualidade e quantidade de graxa

Para que a lubrificação do motor elétrico seja eficiente, é importante aplicar os tipos de graxa corretos e a quantidade adequada. Lembrando que graxas de base diferente nunca devem ser misturadas. A lubrificação excessiva ou reduzida pode prejudicar o desempenho do motor elétrico.

No caso do excesso de graxa, pode ocorrer a elevação de temperatura do motor, ocasionando ainda a resistência da movimentação das partes rotativas e fazendo com que o equipamento perca as características da lubrificação. A lubrificação em excesso também pode gerar o vazamento e permitir a entrada da graxa dentro da bobina e de outras partes do motor.

Substituição de rolamentos

Os rolamentos do motor devem ser substituídos apenas por profissionais qualificados para tal. Isso porque é necessária a desmontagem do motor para que seja realizada essa troca. Desmontar os rolamentos não é difícil, mas é importante usar as ferramentas adequadas — como o extrator de rolamentos.

Vale lembrar ainda que é essencial que a substituição dos rolamentos seja feita prezando pela total limpeza do motor, assegurando o bom funcionamento do equipamento e evitando quaisquer danos.

Outra dica que merece atenção é a de retirar os novos rolamentos da embalagem apenas no momento da montagem. É preciso ainda verificar — antes da instalação do novo rolamento — se o encaixe no eixo não apresenta nenhum sinal de rebarba ou mesmo de pancada. Os rolamentos não podem sofrer nenhum tipo de golpe durante a montagem. Para evitar essa situação, o apoio para prensar ou bater o rolamento deve ser aplicado sobre o anel interno.  

De quanto em quanto tempo é necessário fazer a manutenção de motor elétrico?

A manutenção de motor elétrico é necessária para garantir o bom funcionamento. Recomenda-se que a manutenção seja frequente e realizada com muito cuidado e atenção aos detalhes. A manutenção preventiva deve ser realizada mensalmente. Essa manutenção preditiva é considerada o método mais eficiente para as indústrias que desejam prolongar a vida útil dos motores elétricos.

Durante todo o mês é importante monitorar os equipamentos, realizando inspeções e coletando dados que servirão de base para o diagnóstico assertivo dos problemas e as consequentes intervenções de melhoria. É importante se preparar para a manutenção dos motores elétricos já que ela envolve a necessidade de máquinas e profissionais especializados e em alguns casos, até mesmo, a retirada do motor do local comum.

Qual o risco de não fazer a manutenção no motor elétrico corretamente?

Os motores elétricos terão um bom desempenho na indústria, desde que os responsáveis por esses equipamentos se comprometam com o uso e a manutenção dos mesmos. Deixar de acompanhar o desempenho dos motores ou mesmo de atuar na prevenção e na conservação dos equipamentos prejudicará a produção industrial e ainda trará altos custos.

O recondicionamento em excesso ou mesmo a precariedade de motores elétricos antigos pode ainda ocasionar um aumento do consumo de energia elétrica por parte desses equipamentos. Portanto, fique atento em relação a necessidade de substituição de motores elétricos antigos por novos, porque nem sempre a manutenção resolverá todos os problemas.

Gostou do nosso post e precisa saber ainda mais sobre a manutenção de motores elétricos? Aprenda também como ocorre o giro do motor elétrico e como deve ser feita a inversão da rotação do equipamento.




Comments (6)

  1. boa tarde eu cuido de motores ca e cc os de corrente cc sao os maiores queria saber de quanto tempo tenho que lubrificar e as de vidas manutençoes por exemplo limpeza interna e troca de escovas.

    att.

    1. Boa tarde, Denilson.
      Segundo o nosso técnico, é importante sempre verificar a temperatura, ruído e corrente do motor, se houver qualquer anormalidade, a manutenção é necessária.
      Qualquer dúvida estamos à disposição.

    1. Bom dia, Cosme.
      A lubrificação de motores elétricos deve ser feita com o motor desligado e frio.
      Qualquer dúvida estamos à disposição.

    1. Bom dia,

      Não existe uma periodicidade, o ideal é sempre verificar a corrente de funcionamento, a temperatura e ruído.

      Qualquer dúvida estamos à disposição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *