Veja as etapas de limpeza de um poço artesiano

Os poços artesianos são perfurados para captar água dos aquíferos e assim abastecer os condomínios residenciais. No caso dos poços artesianos, as águas fluem de forma natural do solo, sem a necessidade de bombeamento. Já nos poços conhecidos como semi-artesianos, que possuem maior profundidade, são necessários o uso de bombas para realizar a captação da água do poço tubular profundo e levá-la até a superfície.

Considerando que as motobombas são instaladas nos poços semi-artesianos e a água é captada através de canos, é importante lembrar que a perfuração e a instalação dos equipamentos são obras de engenharia, que devem ser realizadas por profissionais especializados como geólogos, engenheiro de minas ou de outras especialidades, que sejam autorizados na construção e na manutenção dos mesmos. É recomendado ainda que a limpeza do poço artesiano também seja feita por empresas e por profissionais especializados.

Para entender a importância de manter o poço artesiano limpo, até mesmo por causa da bomba e do seu bom funcionamento, acompanhe o nosso post.

Você sabia que precisa limpar seu poço artesiano?

A limpeza do poço artesiano consiste em recuperar as características operacionais e originais do poço tubular, quando acontece o depósito de materiais sólidos em seu fundo, bem como o assoreamento, ou seja, o acúmulo de sedimentos, o que ocasiona a turbidez da água bombeada. Caso a água do poço artesiano fique turva ou mesmo apresente odor e gosto fortes, é importante providenciar uma limpeza do poço artesiano para evitar o acúmulo de compostos ferrosos, o que favorece a formação de filmes gelatinosos que contribuem para a obstrução do poço.

A limpeza é importante para manter a qualidade e a estabilidade do poço artesiano, bem como das motobombas nele instaladas e principalmente da água que será fornecida por ele. Durante o processo de limpeza do poço artesiano deve ser feita ainda uma análise do estado de conservação das bombas instaladas. A limpeza do poço artesiano evita que a água fique turva ou mesmo apresente sinais de contaminação e também contribui para aumentar a sua vida útil, bem como da motobomba instalada para operar nele.

 

Tudo que você precisa saber para escolher a bomba certa

 

Como a limpeza do poço artesiano pode ser feita?

A limpeza de um poço artesiano pode envolver os tratamentos químicos, as ações mecânicas e as metodologias adequadas de acordo com os vários aspectos apresentados pelo poço. Antes de escolher a melhor forma de limpeza do poço artesiano, é preciso avaliar a composição química da água, o tipo de poço construído, a sua profundidade, o seu estado de conservação e ainda a sua importância estratégica para o abastecimento local.

A limpeza pode ser feita por tratamentos químicos com o uso de produtos como os ácidos orgânicos, os ácidos cítricos, os polifosfatos cristalinos, mais conhecidos como agentes desincrustantes, ou ainda por meio da utilização de hipocloritos de cálcio, de sódio ou de dióxido de hidrogênio, que são os famosos desinfetantes.

Outra maneira de limpeza do poço artesiano é por meio das ações mecânicas, como a limpeza por meio do compressor. Essa higienização envolve várias etapas como a escovação das paredes do poço artesiano, o pistoneamento e o jateamento das seções filtrantes, bem como a retrolavagem, o turbilhonamento e o bombeamento com ar comprimido.  

A desinfecção final é uma outra relevante etapa da limpeza de um poço artesiano. Como o próprio nome diz, é a parte final do processo que visa desinfetar a água oriunda do poço artesiano e tudo que nele foi instalado, como as bombas e os canos tubulares. Nessa etapa final, é aplicado um agente desinfetante para restabelecer o controle bacteriológico do poço artesiano em um curto período de tempo.

A limpeza do poço artesiano realizada por meio de um compressor é eficaz e pode trazer um ótimo resultado para o seu poço tubular, mas lembre-se de que ela deve ser feita por empresas e por profissionais especializados, com equipamentos tecnológicos, seguros e de boa procedência.

Qual é a melhor frequência para realizar a limpeza do poço artesiano?

A frequência de limpeza do seu poço artesiano vai depender das condições em que ele se encontra, mas é recomendável que ela seja feita de 6 em 6 meses. Lembrando que, quanto mais velho o poço artesiano for, maior será a necessidade de monitorar o seu estado e optar pela manutenção e limpeza preventiva ou corretiva. A sujeira ou mesmo os desgastes do poço artesiano podem prejudicar e muito a sua funcionalidade, seu fluxo e o seu bombeamento de água.  

Dados do relatório do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA) mostram que o consumo de água contaminada mata mais de 3 milhões de pessoas por ano no mundo. A maioria das doenças contraídas pelo consumo de água contaminada é devido a transmissão de microrganismos encontrados nos reservatórios. Portanto, é preciso estar atento aos tratamentos de limpeza e purificação da água, principalmente aquela destinada ao consumo humano.  

A legislação exige o monitoramento da qualidade da água de poços artesianos, e portanto, a sua limpeza frequente. Em Minas Gerais, a Lei nº 13.199 de 29 de janeiro de 1999, que regulamenta a Política Estadual de Recursos Hídricos, dita as regras em relação a construção e manutenção de poços artesianos. A Política Estadual de Recursos Hídricos visa a assegurar o controle, pelos usuários atuais e futuros, do uso da água e de sua utilização em quantidade, qualidade e regime satisfatórios.

Sendo assim, se você tem um poço artesiano, é preciso se preocupar em garantir a qualidade da água mantendo-a sempre dentro dos padrões exigidos. Além da limpeza do poço artesiano, o que garante a consequente higienização da água extraída, é importante realizar ainda as análises químicas periódicas para avaliar em quais condições a água que será destinada ao consumo humano se encontra.

Se você quer saber mais sobre os poços artesianos e quais são as motobombas mais indicadas para serem usadas nesses tipos de projetos de forma que o funcionamento seja satisfatório, siga a Paraíso das Bombas no Facebook e no Twitter e fique por dentro das informações mais relevantes sobre o assunto.




Comments (18)

  1. Boa tarde
    Estou montando uma empresa de manutenção de bombas de condomínio aqui em Florianópolis também tenho umas ideias se possível podemos montar uma parceria
    Att Ivan

    1. Bom dia, Ivan!
      A nossa empresa já possui o setor de manutenção de bombas de condomínio e nós atendemos em vários locais.
      Agradecemos o contato e desejamos sorte e sucesso!

  2. Bom dia!
    Mandei fazer um poço com 42 metros e não chegou no lençol freático, porque a partir de 14 metros atingiu uma rocha de pedra.
    Estou fazendo a 5 dias e continua saindo uma pequena quantidade de areia brilhosa. É normal? Com quanto tempo devo fazer a limpeza jorrando a água para parar de sair a areia? Ou será que a bomba está muito próximo ao fundo?

    1. Bom dia, Mauro.
      Nesse caso, um geólogo poderá avaliar o terreno e passar as instruções corretas.
      Qualquer dúvida estamos à disposição.

  3. Concluímos a perfuração de um semi-artesiano de 50 metros há dois dias. A água embora potável está meio turva. Preciso drenar por muito tempo para clarear? Existe um tempo natural para clarificar?
    Obrigado!!!

    1. Edison,
      O ideal é que um geólogo faça um estudo do terreno, a fim de verificar as condições do solo e que a água seja analisada em laboratório, para verificar se é própria ou imprópria para o consumo.
      Qualquer dúvida estamos à disposição.

  4. Em um poço novo de cavado e limpo,quando colocamos a bomba ficou jogando areia e a água com cor de barro.
    Pergunto se isso é normal e se a bomba termina de fazer a limpeza?

    1. Bom dia,

      A bomba pode estar muito próxima do fundo, por isso está puxando areia e isso pode danificar a bomba.
      O ideal seria subir ela um pouco mais.

      Qualquer dúvida estamos à disposição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *