Entenda como economizar energia com motores elétricos na indústria

A indústria é o setor responsável pelo maior consumo de energia elétrica no Brasil. De acordo com a Associação Brasileira dos Comercializadores de Energia (Abraceel), a grande indústria prevê um aumento de cerca de R$ 20 bilhões nos gastos com eletricidade até 2018, o que deve incrementar em 47% a fatura paga atualmente pelos consumidores industriais de energia elétrica. E os maiores responsáveis pela significativa fatia de gastos com energia na maioria das indústrias são os motores elétricos. Além disso, as indústrias que mantêm motores elétricos antigos em funcionamento tendem a pagar contas ainda mais altas.

Para entender como é possível economizar energia na indústria, acompanhe o nosso post.

Consumo de energia de motores elétricos em indústrias

Os motores elétricos representam a maior parte do consumo de energia nas indústrias. Dados do Ministério de Minas e Energia (MME) revelam que a indústria consome 43,7% de toda energia elétrica do país e a força motriz em operação representa 68% desse consumo.

Vale lembrar que quase 30% da força motriz nacional é oriunda dos motores elétricos. Essa alta porcentagem se deve principalmente ao uso de motores elétricos antigos que são constantemente recondicionados pela indústria. Esse recondicionamento torna os motores menos eficientes e ainda contribui para o aumento do consumo de energia elétrica.

Sendo assim, as indústrias do país precisam estar atentas à necessidade da troca de motores elétricos antigos por novos, para garantir o alto rendimento, a maior condutividade elétrica, as menores perdas energéticas, maior vida útil dos equipamentos e consequentemente maior produtividade do parque industrial.

Como um simples cálculo de rendimento pode ser feito

Caso decida pela troca de motores elétricos antigos por novos, antes de escolher o melhor equipamento para ajudar a economizar energia na indústria, é importante considerar não apenas o preço, mas também o custo total durante a vida útil do bem que será adquirido, seu consumo de energia elétrica e seu custo de manutenção.

Outro cálculo que deve ser considerado é o do fator de serviço (FS) do motor elétrico. O fator de serviço é um multiplicador que indica a carga que pode ser acionada no motor elétrico continuamente sob tensão e frequência nominais e com limite de elevação de temperatura do enrolamento, de acordo com a potência nominal do equipamento. Essa sobrecarga contínua dá ao motor uma capacidade de suportar melhor o funcionamento do equipamento em condições desfavoráveis.

Um bom exemplo de equipamentos com bom fator de serviço são os motores da linha WEG W22 — IR3 Premium e IR4 Super Premium — que possuem fator de serviço 1,25, o que significa 25% de reserva de potência. A WEG disponibiliza uma calculadora online para a verificação da compensação da troca, seja pela substituição do motor em operação, queimado ou mesmo do que precisa de nova instalação.

Formas de economizar com motores elétricos

Os motores elétricos antigos de fato consomem mais energia, mas os equipamentos novos também podem gastar além do necessário se forem usados sem critérios.

Portanto, fique atento a algumas dicas que podem ajudar a economizar com motores elétricos:

  • compre apenas os modelos de equipamentos de alto rendimento;
  • dimensione adequadamente o motor elétrico — proteções e acionamentos —, pois se superdimensionados eles consomem mais energia;
  • opte por acoplamentos diretos;
  • faça as manutenções preventivas periodicamente;
  • desligue os motores quando eles não estiverem funcionando;
  • use os sistemas automáticos de desligamento.

Fique ligado nas campanhas regionais que recompensam a troca de motores antigos

Não é mais novidade que os equipamentos com muito tempo de vida representam um alto consumo de energia elétrica para as indústrias. Assim, para ajudar no descarte de motores elétricos antigos e renovar o parque industrial, a Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig), em parceria com o Sebrae Minas, oferece o programa Cemig Troca o Seu Motor.

Por meio dessa campanha regional, os microempreendedores e as cooperativas rurais que querem reduzir as contas de energia elétrica e renovar todo o maquinário têm um bônus de até 40% na compra do novo equipamento.

A Cemig Troca o Seu Motor é uma iniciativa de 2008 que faz parte do Programa de Eficiência Energética — Energia Inteligente e busca fortalecer a cultura do consumo consciente. Desde então, a companhia já investiu R$ 400 milhões em projetos de eficiência energética. O objetivo é disseminar a cultura do uso racional de energia elétrica em todo o estado e conscientizar o empresariado da importância de investir em motores novos em Minas Gerais, que certamente são mais eficientes, ajudam a eliminar o desperdício e a reduzir os gastos. 

As empresas interessadas no incentivo devem comprar o motor novo, realizar a instalação e descartar o motor elétrico antigo com a orientação da Cemig, respeitando o limite de até 2.000 CVs (cavalos-vapor) de potência para as máquinas, que serão obrigatoriamente descartadas baseadas no Regulamento do Projeto Cemig Troca seu Motor.

Opções de motores econômicos do Paraíso das Bombas

Vale ressaltar que além de aderir ao programa da Cemig, é importante escolher empresas consolidadas no mercado para adquirir o seu novo motor elétrico. Certifique-se de que a empresa é especializada na comercialização de equipamentos de diversas marcas e modelos, de última geração, com qualidade e garantia de segurança. Verifique ainda se a equipe de vendedores é capacitada e está apta e preparada para tirar as suas dúvidas sobre os motores elétricos mais econômicos.

Aproveitamos para sugerir alguns motores com excelente custo-benefício, considerados econômicos para a sua indústria. Os motores da linha WEG W22 são ótimas opções em termos de rendimento, fator de serviço apurado, alto nível de rendimento — especificado pela norma ABNT NBR 17094 —, atendem a Portaria Interministerial nº 553 da Lei de Eficiência Energética 10295/01 e possuem perdas menores que os demais motores disponíveis no mercado — entre 10 e 40%.

A busca pela eficiência energética é um grande desafio, mas já se tornou essencial da realidade do setor industrial brasileiro. Portanto, se você ainda tem dúvidas da importância de trocar motores elétricos antigos por novos como forma de economizar energia elétrica na indústria, assine a nossa newsletter e entenda como é possível tomar as medidas mais eficientes de redução de custos na sua fábrica.




Comments (6)

  1. Ola bom dia sera que existe algun equipamento que acoplado num motor de 20cv ele cossegue ter o mesmo desempenho de um motor de 30 ou 40 cv

    1. Bom dia, Marcelo.
      Infelizmente desconhecemos tal equipamento.

      Qualquer dúvida estamos à disposição.

  2. Bom dia!
    Tenho energia monofásica (Luz para todos) na minha área rural.
    Preciso colocar uma bomba para levar água a uma distância de 350 metros e a um aclive de 30 metros.
    Gostaria de saber qual o motor bomba mais eficiente para este trabalho.
    Relação custo,beneficio,economia.
    Obrigado
    Att: Júnior

    1. Bom dia!

      Você vai retirar água de um poço?
      Se sim, quantos metros a bomba vai descer no poço?

      No aguardo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *